05/12/2018 Undime

Todas as notícias Categorias

Undime participa do lançamento da Iniciativa Trajetórias Escolares

O dirigente municipal de educação de Elísio Medrado/ BA e presidente da Undime Bahia, Willians Panfile, representou a instituição nesta quarta-feira (5) durante a abertura do 10º Encontro Nacional do Programa Bolsa Família na Educação, que promoveu o lançamento da plataforma Iniciativa Trajetórias Escolares: Desigualdades e Diversidades. Realizado em Brasília/ DF, o evento debaterá, até a próxima sexta-feira (7), os riscos derivados da exclusão escolar e soluções para promover o suporte de casos, usando os dados dos beneficiários do Programa Bolsa Família (PBF).

Na ocasião, Willians Panfile expôs a experiência baiana de acompanhamento de estudantes atendidos pelo PBF. O representante da seccional destacou que o maior ganho da ação está na possibilidade de promover o acompanhamento dos casos, verificando as condicionalidades atreladas, não apenas de forma punitiva, mas detectando os problemas, de maneira a ajudar a resgatar crianças e jovens que estão fora da escola. “Na Bahia, só em 2018, acompanhamos mais de 1,7 milhão de alunos, que puderam ter acesso a este tipo de suporte”, apontou.

Atualmente, no Brasil, 14 milhões de estudantes beneficiários do Programa Bolsa Família têm a frequência escolar acompanhada por profissionais da educação. Deste total, 960 mil apresentam baixa frequência e outras vulnerabilidades. Para atuar no resgate destes estudantes, 56 mil profissionais da educação têm utilizado o Sistema Presença, criado para auxiliar no processo de identificação dos fatores que levam à evasão, incluindo repetência e abandono.

Apresentada pelo Diretor de Políticas de Educação em Direitos Humanos e Cidadania, Daniel Ximenes, a nova plataforma Trajetórias Escolares deverá auxiliar na gestão dos dados e no acompanhamento de alunos. Segundo Daniel, a proposta surgiu do entendimento de que é preciso lançar para dentro das políticas educacionais o entendimento sobre como a desigualdade afeta o desempenho de alunos.

“Ela permite o olhar individual sobre as crianças, ao mesmo tempo em que apoia as gestões locais na identificação dos motivos e a como lidar com casos especiais”, afirmou. Além de materiais direcionados à formação continuada de profissionais, o recurso também ajudará na promoção da articulação intersetorial, reunindo dados completos dos estudantes atendidos, com indicadores de alertas e riscos.

A mesa de lançamento foi composta ainda pelo titular da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi), do Ministério da Educação, Julio Cesar de Freitas; pela representante do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) no Brasil, Florence Bauer; pelo secretário nacional de Renda e de Cidadania do Ministério do Desenvolvimento Social, Tiago Falcão; e pela Subsecretaria de Planejamento, Acompanhamento e Avaliação Educacional do Governo do Distrito Federal, representando o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), Cláudia Garcia.

Fonte: Undime / Foto: Undime

Todas as notícias Todas as categorias