27/05/2019 Undime

Todas as notícias Categorias

Undime Alagoas reúne mais de 300 participantes em Fórum Estadual

Evento aconteceu na capital Maceió

Começou na última quinta (23) e terminou na sexta-feira (24) o XI Fórum Estadual da Undime Alagoas. O evento aconteceu no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, localizado em Maceió, e celebrou os 26 anos da Seccional.

Com o tema “Direito à Educação Básica, obrigação de todos, dever do Estado: estratégia para a nação", o Fórum superou a expectativa da Seccional e contou com a participação de mais de 300 pessoas, entre Dirigentes Municipais de Educação, técnicos das Secretarias de Educação e especialistas na área. O objetivo foi estimular o debate sobre a oferta do ensino e as políticas educacionais do estado e do país.

Além do presidente da Undime, Alessio Costa Lima, Dirigente Municipal de Educação (DME) de Alto Santo (CE), que prestigiou o evento, na sexta-feira, estiveram presentes representantes de outras Seccionais. Luiz Miguel Martins Garcia, presidente da Seccional SP e DME de Sud Mennucci (SP); Kalicia de Brito França, vice-presidente da Undime MS e DME de São Gabriel do Oeste (MS); Williams Panfile, presidente da Secional BA e DME de Elísio Medrado (BA); e José Marques Aurélio de Souza, vice-presidente da Undime CE e DME de Jucás (CE) também participam do Fórum.

Eleição

Na manhã desta sexta, a Seccional realizou a eleição para os próximos dois anos, da nova diretoria executiva, do conselho fiscal e dos membros que irão compor o colégio eleitoral, junto aos respectivos suplentes. Todo esse processo como forma de se preparar para o Fórum Nacional, que será realizado em agosto.

Carlos Rubens de Araújo, Dirigente Municipal de Educação de Dois Riachos (AL) foi reeleito como presidente da seccional alagoana e Djalma Beltrão, DME de Feliz Deserto (AL) é o novo vice-presidente. Ambos assumem o mandato para o biênio 2019-2021. Havia apenas uma chapa, que recebeu unanimidade dos votos.

Desafios para garantir o direito à Educação

O presidente da Undime, Alessio Costa Lima, foi convidado para falar sobre as políticas educacionais em curso e os desafios para garantir o direito à educação. Ele reforçou que a Educação é um pilar e que é um direito de todos, dever do estado e da família e é um exercício da cidadania. "O objetivo da educação deve ser o desenvolvimento pleno da pessoa, tanto para o exercício da cidadania quanto para o ingresso no mundo do trabalho. A escola deve ir além dos conteúdos e da reprovação. Deve debater temas atuais com os estudantes e, com eles, construir conhecimentos significativos", lembrou Alessio.

Sobre os principais da desafios da educação em âmbito nacional atualmente, o presidente demonstrou preocupação com cinco pontos: o cumprimento das metas e estratégias do Plano Nacional de Educação (PNE); a construção e criação do Sistema Nacional de Educação; a revisão do Pacto Federativo, regulamentação e efetivação do regime de colaboração; a implementação do Custo Aluno Qualidade Inicial (CAQi); e a instituição do Fundeb como instrumento permanente de financiamento da educação básica pública.

Para o Alessio, o ente mais fraco e o que menos arrecada é o município, por isso, precisa ser fortalecido. “A previsão é de que o investimento em Educação atinja 7% do PIB do país no 5º ano de vigência do PNE e, no mínimo, 10% do PIB até 2024, mas não estamos vendo indicativos para que isso aconteça”, destacou.

Ele acrescentou ainda que dinheiro público deve ser investido na educação pública. “Precisamos estar atentos aos recursos públicos que estão sendo investidos na esfera privada, pois sem aporte de recursos e ainda com investimento em outras esferas, dificilmente vamos cumprir as metas e estratégias dos Planos Municipais de Educação”.

O vice-presidente da Undime CE, José Aurélio, que dividiu a mesa com o presidente da Undime, também discorreu na mesma linha. “É nos municípios onde tudo acontece e os municípios, ente mais fraco dentre os demais, não têm recebido o aporte financeiro para dar conta de tudo que atende e, em muitos casos, assumindo até responsabilidades do estado e da união. Por isso, cada centavo faz diferença no montante geral”, defendeu.

Além desse assunto, ao longo dos dois dias, os participantes puderam se aprofundar em assuntos como financiamento da educação, implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), formação do professor e o papel deles no processo de ensino e aprendizagem, além de políticas e programas para garantia do direito à educação e atendimento do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Homenagem

Em comemoração aos 26 anos da Seccional alagoana, o presidente da Undime foi condecorado com a medalha de honra ao mérito, concedido às personalidades e as instituições que contribuíram com o fortalecimento institucional. Alessio recebeu a medalha e agradeceu a homenagem. "Fico honrado em receber essa condecoração e desejo vida longa à Undime Alagoas. Parabéns pelo trabalho que a Seccional vem promovendo ao longo de todos esses anos".

Fonte: Unidme

Todas as notícias Todas as categorias