17/04/2019 Undime

Todas as notícias Categorias

Formação continuada para os novos currículos é tema de seminário

A Undime participa, nesta quarta-feira (17), do Seminário de Formação Continuada para os Novos Currículos. O encontro, promovido pela Fundação Lemann, Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e Undime, acontece em São Paulo e tem como objetivo promover discussões técnicas entre as equipes estaduais e buscar soluções para os principais desafios da formação continuada para os novos currículos. O seminário vai até quinta-feira (18) e conta com a participação dos coordenadores estaduais Undime e Consed, articuladores do regime de colaboração e analistas de gestão no âmbito da Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

O presidente da Undime e Dirigente Municipal de Educação de Alto Santo (CE), Alessio Costa Lima, participou na manhã desta quarta-feira da abertura do evento. Ao lado dele estavam os Secretários de Educação do Distrito Federal, Rafael de Carvalho Pullen Parente, e a Secretária de Educação do Amapá, Maria Goreth da Silva e Sousa, que representaram o Consed. Camila Cardoso Pereira representou a Fundação Lemann.

"A experiência da Base é hoje o maior exemplo vivo de regime de colaboração entre União, Estados e Municípios", disse Alessio ao reforçar a importância do trabalho que vem sendo feito nos estados de forma colaborativa junto aos municípios. O presidente disse ainda que atualmente as equipes estão vivendo o que ele classificou como terceira onda, que é a etapa mais operacional, na qual deverão ser definidas as estratégias de formação e empoderamento das equipes locais das Secretarias de Educação dos estados e municípios para que elas possam fazer a formação e o acompanhamento dos professores nas respectivas redes.

A primeira onda, segundo ele, consistiu na concepção e elaboração do documento da Base Nacional Comum Curricular. A segunda onda aconteceu, em 2018, quando estados e municípios, em regime de colaboração, elaboraram os currículos. "Essa segunda onda foi extremamente importante do ponto de vista de estruturação das equipes. Só conseguimos vencer uma partida se tivermos um bom time e a formação das equipes nos estados juntos ao MEC foi fundamental para o sucesso dessa segunda onda", disse Alesiso.

O presidente aproveitou a oportunidade também para elogiar a parceria do Movimento pela Base durante todo esse processo de implementação. "O Movimento pela Base é amplo e integra várias entidades. Essa parceiria tem sido essencial para que possamos fortalecer a discussão e capacitar os envolvidos no processo de implementação", concluiu.

Programação

O seminário prevê, ao longo dos dois dias, dicussões sobre o processo histórico da BNCC, os próximos passos e também sobre assuntos que permeiam a implmentação do documento, como regime de colaboração, qualidade da formação e replanejamento.

Fonte: Undime

Todas as notícias Todas as categorias