11/04/2019 Undime

Todas as notícias Categorias

16º Fórum Ordinário da Undime Paraná reúne mais de 200 participantes


A Undime Paraná concluiu nesta quarta-feira (10), em Curitiba, o 16º Fórum Ordinário da Seccional com o objetivo de discutir políticas públicas para a construção de uma Educação de qualidade. Na ocasião, Marli Fernandes, Dirigente Municipal de Educação de Apucarana, foi reeleita como presidente da Seccional paranaense para o biênio 2019-2021. A vice-presidência continua a cargo de Márcia Baldini, Dirigente de Educação de Cascavel.

Marli agradeceu o apoio recebido na eleição ao afirmar que “É uma alegria representar os dirigentes municipais de educação do Paraná. Muito obrigada pela confiança que nos motiva a enfrentar os desafios e a continuar lutando com afinco por um ensino de qualidade para os nossos alunos”.

O vice-presidente da Undime, Roque Mattei, que marcou presença no Fórum, elogiou o trabalho desenvolvido por Marli frente à Seccional. "Essa mulher representa uma grande força na defesa da educação pública com qualidade. Nossos sinceros cumprimentos pela sua participação, perseverança e disponibilidade de estar conosco nessa luta," disse.

Diante de uma plateia composta por aproximadamente 200 dirigentes e membros das equipes técnicas das secretarias municipais de educação de todas as regiões do estado, a presidente da Seccional abordou, logo no início do evento, as principais reivindicações da Undime junto ao Ministério da Educação.

"No último mês de fevereiro, o presidente da Undime Nacional e os representantes de cada estado estiveram reunidos com o então ministro Ricardo Vélez em Brasília. Nós entregamos a ele uma carta pedindo o fortalecimento do regime de colaboração entre os entes federados, o incentivo à formação professores, a continuidade da implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), a manutenção das creches como fase inicial da educação, a incorporação do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica) junto à Constituição Federal, a retirada dos efeitos da Emenda Constitucional nº 95 que limita o investimento em educação e a regulamentação do Custo-Aluno-Qualidade (CAQi)," detalhou.

O assessor especial da Secretaria de Estado da Educação, Josimar Bochine, que esteve presente na cerimônia de abertura, destacou a importância do regime de colaboração ao reafirmar o compromisso do governador Ratinho Junior para com a educação paranaense. "Eu quero dizer que a SEED está de portas abertas para trabalhar junto aos municípios, pois nós entendemos que a educação precisa ser pensada como algo contínuo e não dividida em uma fase municipal e outra estadual". 

Representando os 399 prefeitos do Paraná, o prefeito de Apucarana, Junior da Femac, falou da necessidade de mais recursos para os municípios. "Nesse momento em que a população brasileira está revisitando vários conceitos, nós temos a oportunidade de confirmar o grande valor da educação pública. Todos nós queremos que o ensino dos nossos filhos melhore e que os professores sejam valorizados, mas os governos federal e estadual precisam destinar mais verbas às prefeituras para que isso aconteça. Afinal, é nos municípios que as políticas públicas tomam corpo," explicou.

Além da eleição da diretoria execitiva e demais cargos, os representantes dos 104 municípios que estiveram no evento, participaram de diversas palestras e tiveram a oportunidade de sanar dúvidas sobre temas como a implementação da Base Nacional Comum Curricular, o papel do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), a infraestrutura das unidades escolares e o funcionamento dos Conselhos de Educação, Conselhos de Alimentação Escolar e Conselhos do Fundeb.

Fonte: Undime PR com adaptações/ Fotos: Undime PR

Todas as notícias Todas as categorias