05/11/2018 Undime

Todas as notícias Categorias

Comissão da Câmara dos Deputados tenta novamente votar projeto da Escola sem Partido nesta quarta-feira (7)

comissão especial que analisa o projeto de lei da chamada Escola sem Partido (PL 7180/14) volta a se reunir nesta quarta-feira (7) para discutir o substitutivo do relator, deputado Flavinho (PSC-SP).

O texto sugere algumas mudanças em relação ao parecer anterior, entre elas a inclusão de artigo determinando que o Poder Público não se intrometerá no processo de amadurecimento sexual dos alunos nem permitirá qualquer forma de dogmatismo ou tentativa de conversão na abordagem das questões de gênero.

Estão mantidas no texto uma série de proibições para os professores das escolas públicas e privadas da educação básica, como promover suas opiniões, concepções, preferências ideológicas, religiosas, morais, políticas e partidárias. Além disso, está mantida a proibição, no ensino no Brasil, da “ideologia de gênero”, do termo “gênero” ou “orientação sexual”.

Na semana passada, alunos e professores lotaram o plenário da comissão para protestar contra a matéria. Houve embate com alguns defensores do Escola sem Partido, que também estavam no plenário em menor número.

Por causa disso, o deputado presidente da comissão, deputado Marcos Rogério (DEM-RO), não descarta a hipótese de a nova reunião ser fechada ao público. A oposição, no entanto, já avisou que não aceitará que a reunião seja fechada. 

A votação da semana passada acabou adiada por causa do início das votações no Plenário da Câmara.

Nesta quarta, há ainda a possibilidade de um pedido de vista adiar novamente a votação.

A comissão volta a se reunir no plenário 1, a partir das 14 horas.

Fonte: Câmara dos Deputados

https://bit.ly/2Op75HL

Todas as notícias Todas as categorias