16/08/2017 Undime Categorias: Notícia Undime na mídia 16º Fórum Nacional

Todas as notícias Categorias

Dirigentes municipais discutem principais temas da educação em fórum da Undime


(Foto: Fundação Telefônica)

Plano Nacional de Educação foi destaque em encontro de responsáveis pela educação nos municípios do país

Mais de 1.500 pessoas estiveram presentes na cidade de Fortaleza (CE), entre os dias 8 e 11 de agosto, para discutir as principais questões ligadas à educação no país, durante o 16º Fórum Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação. O evento, voltado para gestores e técnicos das secretarias municipais de educação, teve como destaque os debates em torno dos desafios de implementação do Plano Nacional de Educação (PNE).

Com vigência até 2024, o PNE é considerado o principal instrumento de planejamento dos rumos da educação brasileira. Aprovado pela Lei 13.005/ 2014, o documento completou três anos em junho, e suas 10 diretrizes, 20 metas e 254 estratégias foram alvos de debates durante o encontro na capital cearense.

Estiveram presentes autoridades públicas, especialistas em educação e representantes de diversas instituições. Os convidados trataram das políticas e programas do governo, além de ações intersetoriais e entraves legais que os municípios enfrentam ao longo das gestões.


(Foto: Fundação Telefônica)

Nas salas temáticas, houve painéis sobre a gestão municipal do ponto de vista pedagógico, democrático, administrativo, orçamentário e financeiro.

Boas vindas e trocas de experiência 

Foram quatro dias de trocas de boas práticas entre os participantes, intercalados com momentos de descontração, como shows de humor, espetáculos de dança e a presença da Orquestra Filarmônica Estrela da Serra, de Croatá (CE).

O presidente da Undime e dirigente municipal de Alto Santo (CE), Alessio Costa Lima, exaltou a participação dos 26 dirigentes de educação e presidentes regionais da entidade e aproveitou o discurso de abertura para reforçar a necessidade de recursos e financiamentos voltados aos municípios.

“Temos muitos desafios pela frente, mas maior ainda é a nossa vontade de enfrentá-los. O município é, por excelência, o órgão da efetivação das politicas públicas, então precisamos nos fortalecer por meio do apoio da União”, destacou o presidente.

Durante o fórum, foi realizada a eleição dos membros da diretoria executiva e do conselho fiscal da Undime para o biênio 2017-2019. Acesse o site da Undime para ver cobertura completa.

A Fundação Telefônica Vivo, uma das instituições parceiras da Undime, participou do evento pelo segundo ano e foi  representada seu presidente, Americo Mattar. Ele participou da mesa-redonda “Ações Intersetoriais na Promoção do Direito de Aprender”.

Principais debates

O papel dos órgãos de controle no acompanhamento do PNE e a união dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário como aliados da educação foram destaques em uma das mesas-redondas do evento, que contou com a diretora do Movimento Todos Pela Educação, Priscila Cruz, além de representantes do sistema judiciário brasileiro.

“Quando se trata de educação, nosso trabalho é pensado para agregar valor ao PNE e dar transparência para a sociedade do real cumprimento das metas”, afirmou o auditor do Tribunal de Contas da União, Jefferson Pinheiro Silva.


(Foto: Fundação Telefônica)

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, participou em outra mesa e mencionou a importância de promover a integração entre as secretarias de Educação e Saúde. Segundo o ministro, mais de 80% dos municípios brasileiros aderiram ao Programa Saúde na Escola (PSE). “Muitas parcerias podem ser úteis para que as crianças tenham mais saúde e possam aprender melhor”, afirmou.

Representantes das principais fundações e institutos do país também apresentaram seus programas e ações intersetoriais. O presidente da Fundação Telefônica Vivo apontou alguns projetos realizados pela instituição, como a plataforma Escolas Conectadas, que oferece cursos de formação aos professores sem custos para as administrações locais. Após acordo firmado durante o evento, a ferramenta estará disponível para o município de Fortaleza.

“Faz parte do nosso modelo trabalhar com os municípios, estados e o ministério. Apenas vocês são capazes de transformar a educação, mas nós podemos apoiá-los neste processo”, disse Americo Mattar.

Fonte: Fundação Telefônica

https://goo.gl/G1rQ8X

 

Todas as notícias Todas as categorias