09/08/2017 Undime Categorias: Notícia Notícias Undime 16º Fórum Nacional

Todas as notícias Categorias

Parceria entre áreas deve melhorar qualidade de aprendizado dos estudantes

(Ministro da Saúde, Ricardo Barros)

Mais de 80% dos municípios brasileiros aderiram ao Programa Saúde na Escola (PSE), o qual estava por um ano parado e que recebeu, em 2017, a injeção de R$ 89 milhões. Ao todo são 5.040 municípios alcançados o que, para o ministro da Saúde, Ricardo Barros, é um grande passo para se ter um olhar mais atencioso para o dia a dia de crianças e adolescentes. Barros esteve presente no 16° Fórum Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação para conclamar dirigentes municipais e demais integrantes da cadeia educacional de todo o país para que promovam a integração entre secretarias de Educação e Saúde.

“Vamos cuidar da saúde visual, da saúde auditiva, da saúde bucal das crianças, da vacinação, da obesidade, de orientá-las quanto à alimentação saudável. Muitas parcerias podem ser úteis para que as crianças tenham mais saúde e possam aprender melhor”, destacou o ministro.

Na análise de Alessio Costa Lima, presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais (Undime), a parceria é fundamental porque de certa forma não se trata apenas do anúncio de uma ação isolada ou de uma cultura setorial. O dirigente destaca que é fundamental que as ações estejam bastante alinhadas em todas as esferas, entre ministérios da Saúde e Educação, passando pelas secretarias estaduais de Saúde e de Educação até chegar aos municípios por meio de suas secretarias. “No caso, o anúncio só fortalece essa parceria e essa intersetorialidade, imprescindível para o êxito das políticas de saúde e no campo da educação”, declarou.

Todas as notícias Todas as categorias