06/03/2018 Undime

Todas as notícias Categorias

Dia D da BNCC ocorre nesta terça (6)

Nesta terça-feira (6) ocorre o Dia D da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). O objetivo é debater e discutir, nas secretarias de educação e escolas, a implementação em todo o país do texto homologado em 20 de dezembro de 2017.

As ações são consideradas pelo Ministério da Educação (MEC) o pontapé inicial para que as instituições de ensino comecem a colocar em prática a BNCC, documento que define o que todos os alunos têm o direito de aprender e que serve como referência para a elaboração dos currículos de todas as etapas da educação.

O Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed) e a Undime (União Nacional de Dirigentes Municipais de Educação) fazem parceria com o MEC, ao recomendar para os gestores e educadores um conjunto de materiais com atividades, vídeos, temas, estratégias e participações para incentivar o Dia D.

Segundo o documento que serve de orientação para a realização do movimento, a importância das ações é para “apresentar a estrutura e as competências da BNCC à comunidade escolar, ampliar o diálogo com as instituições e as pessoas responsáveis por sua implementação, gerar engajamento no processo de (re)elaboração do currículo e estimular participação democrática ao longo do processo”.

Programações do Dia D

A Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEEDF) não preparou nenhuma programação especial, deixando para as escolas planejarem as atividades. O MEC, em seu portal de apoio à data, já previa que “cada instituição poderia organizar o Dia D da maneira que preferisse”. Procuradas pela reportagem para informar sobre programações locais, algumas escolas informaram não ter sido avisadas pela SEEDF sobre o dia D. Outras, por meio das coordenações ou direções de ensino, nem sequer sabiam da data.

A Undime disse que é de sua responsabilidade a contemplação de todos os municípios, mas que, devido à grande quantidade, não tem uma agenda específica. “Mobilizamos todos os estados nas seccionais da Undime para que via município elas realizassem as atividades. Sabemos que muitos municípios vão participar e que há uma movimentação nesse sentido, via cartas, site e redes sociais, juntamente ao MEC e ao Consed."

De acordo com o Consed, “todos os estados, de forma geral, estão trabalhando em regime de colaboração com os municípios na elaboração dos currículos para implementação da BNCC”.

Por ser de decisão autônoma de cada município e escolas, as atividades em alguns estados ainda não estão com agenda marcada, embora tenham decisões sobre a implementação da nova base bastante encaminhadas. Em Mato Grosso do Sul “existe um regime de colaboração para a construção do currículo com discussões frequentes sobre a BNCC”. O Rio Grande do Norte, por exemplo, já tem uma versão preliminar do currículo para o estado, construído a partir da “colaboração com os municípios”.

Em Sergipe, a secretaria de educação do estado se articula com a Undime para tratar da composição da equipe que será responsável pelas discussões e elaboração do plano estratégico de implementação da BNCC. Ceará, Espírito Santo e Rondônia também afirmam estar com estratégias bem definidas nesse sentido. O estado capixaba, por exemplo, alterou as diretrizes curriculares de língua portuguesa e matemática nas séries iniciais e discute novas propostas para a implantação do novo currículo.

Confira abaixo alguns estados e ações específicas que serão feitas a partir desta terça ou dos próximos dias.

Amapá - O Dia “D” da BNCC no Estado do Amapá tem previsão para ocorrer dia 14. O objetivo é a discussão sobre a BNCC em todas as redes e escolas públicas e privadas junto às equipes técnicas, equipes gestoras, professores, pais e alunos. O "Dia D" terá um caráter formativo sobre o documento e ao mesmo tempo de engajamento dos profissionais da educação para a implementação que se inicia.

Goiás - No estado, haverá uma semana inteira dedicada à discussão da base. "A Semana D da BNCC" será realizada a partir desta terça-feira até sexta-feira na redes estadual e municipal de educação de Goiás. Serão desenvolvidas ações de motivação da comunidade escolar em todas as escolas que atendem esse público-alvo sobre a importância do envolvimento nas discussões para implementação do Currículo no estado.

Entenda a BNCC

Prevista na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), nº 9.394/1996, a BNCC estabelece conhecimentos, competências e habilidades que se esperam que todos os estudantes desenvolvam ao longo da escolaridade básica. Ela é quem deve direcionar os currículos das redes de ensino e as propostas pedagógicas de todas as escolas, públicas e privadas, da educação infantil ao ensino médio.

No último ano, após intensos debates e retirada de questões polêmicas do texto, como gênero e sexualidade, a base foi aprovada no Conselho Nacional de Educação (CNE) com 20 votos favoráveis e homologada pelo presidente Michel Temer. As instituições têm até 2020 para colocar o novo texto em prática.

Fonte: Correio Braziliense

https://goo.gl/En8rNb

Todas as notícias Todas as categorias