02/02/2018 Undime Categorias: Notícia Notícias Undime

Todas as notícias Categorias

Undime participa de reunião do Movimento pela Base em São Paulo

O presidente da Undime e Dirigente Municipal de Educação de Alto Santo (CE), Alessio Costa Lima, participou na manhã desta sexta-feira (2), de reunião do Movimento pela Base em São Paulo. O encontro teve como tema "Contribuições do Movimento pela Base para a construção, homologação e implementação da BNCC" e contou também com a presença da ministra da Educação em exercício, Maria Helena Guimarães de Castro; do secretário de Educação Básica do MEC, Rossieli Soares da Silva; da presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Maria Inês Fini; e dos conselheiros Cesar Callegari e Joaquim José Soares Neto, presidente e relator respectivamente da Comissão Bicameral do Conselho Nacional de Educação (CNE) que trata da Base. O diretor executivo da Fundação Lemann, Denis Mizne, falou em nome do Movimento pela Base e fez um histórico sobre o processo pelo qual a Base passou até ser homologada.

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) define os direitos de aprendizagem comuns a todos os alunos da Educação Básica no âmbito da educação infantil e do ensino fundamental. O documento foi homologado pelo MEC no final de 2017, depois de três anos de discussões amplas pela sociedade. Agora chegou a hora da implementação, quando as redes devem começar a se organizar para fazer a revisão dos currículos à luz do que determina a BNCC e a formação continuada dos professores, levando-se em conta o regime de colaboração como principal estratégia para garantir uma implementação de qualidade por todos os municípios.

Na ocasião, o presidente da Undime destacou que o maior desafio talvez não tenha sido o da construção da Base e sim o desejo de que de fato ela seja implementada. "A implementação ao mesmo tempo que é um desafio, deve ser encarada como uma oportunidade de se vivenciar e de se exercitar o regime de colaboração", lembrou ele ao acrescentar que a Undime e o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) inauguraram uma nova fase de regime de colaboração na qual estados e municípios devem procurar trabalhar de forma articulada.

No tange aos desafios, Alessio fez alguns questionamentos relevantes para a discussão: como ela [BNCC] será lida, discutida e absorvida pelas redes de ensino, sistemas e escolas? Como ela será interligada na prática, no cotidiano das escolas? Como ela funcionará na construção dos currículos escolares? "É preciso ter uma real clareza sobre as diretrizes curriculares, a BNCC e currículo para que possamos implementar a Base de forma coerente", avaliou ele.

O Movimento pela Base é um grupo da sociedade civil que reúne educadores e organizações educacionais em torna da causa da Base Nacional Comum Curricular. Fundado em 2013, vem acompanhando a construção do documento, buscando garantir a qualidade do texto, do processo e do debate público do tema.

Fonte: Undime 

Todas as notícias Todas as categorias