24/06/2016 Undime Categorias: Notícia

Todas as notícias Categorias

RS debate a 2ª versão da Base Nacional Comum Curricular

(Foto: Undime RS)

O Rio Grande do Sul é o primeiro estado da federação a promover o seminário para discutir a segunda versão da Base Nacional Comum Curricular. O seminário, realizado nesta quinta-feira (23), aconteceu em Canoas (RS), na Universidade Luterana do Brasil (Ulbra). O encontro reuniu aproximadamente 350 pessoas de diferentes segmentos da educação, selecionados por meio de chamada pública, entre os quais representantes de entidades, conselhos, professores e alunos.

O Consed e a Undime são, nesta fase, as instituições responsáveis pela articulação e organização dos seminários estaduais. De acordo com o cronograma, até o dia 4 de agosto todos os estados deverão realizar seminários para debater o assunto.

Clique aqui e confira o calendário com as datas dos seminários em cada estado.

A programação do seminário do RS contemplou uma contextualização do processo de construção da Base e, em seguida, os participantes analisaram o texto introdutório e os textos referentes a cada etapa da educação básica.

O presidente da Undime RS e Dirigente Municipal de Educação de Estrela (RS), Marcelo Mallmann, comemorou o sucesso do evento e ressaltou a importância da participação e do envolvimento dos profissionais da área de educação no seminário. "É um debate que está sendo feito em altíssimo nível e com colaborações que tenho certeza que vão qualificar o documento final a ser apresentado ao MEC posteriormente".

Após a realização do seminário, o estado deverá consolidar as contribuições ao documento da Base e enviar à Undime e ao Consed. A partir dos 26 relatórios estaduais e 1 distrital será produzido um único relatório a ser enviado ao Ministério da Educação. "A ideia agora é finalizar o nosso relatório. Nós temos prazo oficialmente até o dia 5 de agosto para entrega do relatório final. Como somos o estado pioneiro na realização dos seminários e como a metodologia é diferenciada, talvez seja necessário esse tempo de sistematização para que o nosso relatório fique adequado ao modelo do relatório que é o padrão para todos os estados", pontuou a coordenadora estadual da Base no estado indicada pela Undime, Marcia Adriana de Carvalho. Segundo a coordenadora da Base, indicada pelo Consed, Maria José Fink, a expectativa agora é que as contribuições ao texto do documento sejam consideradas e inseridas na próxima versão da Base.

Clique aqui para saber mais sobre os seminários estaduais da BNCC.

Fonte: Undime

Todas as notícias Todas as categorias