28/02/2018 Undime

Todas as notícias Categorias

Com parceiros de Educação, Globo lança campanha de valorização do ensino público

Filme estreia em ‘Malhação: Viva a Diferença’ e depois ganha os intervalos e outras plataformas

Em um formato inédito, que mistura ficção e realidade, a Globo se une a diversos parceiros de Educação para lançar uma campanha em seus intervalos e em Malhação: Viva a Diferença. Realizada junto com entidades como Unicef, Fundação Roberto Marinho, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), Associação Nova Escola, a Organização Cidade Escola Aprendiz e Todos pela Educação, a campanha ‘Você é o público da escola pública’ será lançada nacionalmente no dia 28 de fevereiro como um grande movimento em favor das escolas públicas.

O objetivo é mobilizar a sociedade por uma educação pública de qualidade e enfatizar a importância do envolvimento de todos – educadores, alunos, familiares e comunidade. Depois do lançamento, a campanha contará com depoimentos de quem construiu sua trajetória na escola pública, que hoje concentra cerca de 80% dos alunos e dos professores da Educação Básica de todo o país, de acordo com dados do Censo Escolar de 2017.

— A sociedade tem apontado, com profunda razão, várias questões que precisam ser resolvidas na escola pública, mas não podemos deixar que milhões de crianças e jovens deixem de acreditar que um futuro melhor pode ser alcançado através da escola onde estudam — afirma Sergio Valente, diretor de Comunicação da Globo. Ele ressalta que os problemas continuarão sendo mostrados assim como as oportunidades de melhorias.

— Mas temos de deixar claro que a escola pública não é apenas um universo de problemas, mas um ambiente que reúne educadores dedicados, familiares e a comunidade engajados e estudantes ansiosos para aprender e construir seu futuro. Essa campanha cumpre três objetivos: mobilizar a sociedade para que cobre melhorias no ensino público, para que ela participe do ensino público e mostrar que a única forma de conseguirmos cuidar e cobrar é comparecendo, estando presente — completa Valente.

A diretora de Responsabilidade Social da Globo, Beatriz Azeredo, ressalta a importância da união de forças para tratar do tema.

— Só com uma educação de qualidade para todos conseguiremos enfrentar as desigualdades sociais e gerar oportunidades. Valorizar a escola pública é uma causa de toda a sociedade brasileira e o papel da Globo é colocar sua capacidade de mobilização a serviço desta causa. O tamanho do desafio em educação exige a união de esforços e o envolvimento de organizações de referência foi fundamental — afirma.


(Foto: Globo/Marília Cabral)

A estratégia de lançamento do projeto também segue um formato inovador: está inserida no contexto de uma obra comprometida com o ensino público desde o início da temporada. No capítulo de Malhação – Viva a Diferença do dia 28 de fevereiro, a campanha será criada pelo personagem Luis, interpretado por Ângelo Antonio. Na trama, Luis exibe para Dóris (Ana Flávia Cavalcanti), diretora do colégio público Cora Coralina, o primeiro filme da campanha de valorização à educação pública, que depois passa a ir ao ar também nos intervalos da programação e em outras plataformas. O autor Cao Hamburger defende a iniciativa:

— Se queremos um dia ser um país mais decente, temos de cuidar desse sistema. A sociedade como um todo tem que abraçar, defender, valorizar a escola pública. É o único caminho! Todos os países que hoje são considerados desenvolvidos, um dia fizeram a lição de casa: priorizaram a força e a qualidade do ensino público.

A importância de atrair o público por meio de uma ação que envolve ficção e realidade se dá também pelo alcance da Globo, que fala diariamente com 100 milhões de pessoas através das suas diversas plataformas. A campanha contará com ações 360°, mobilizando a programação, tanto no Jornalismo, quanto no Entretenimento, além de ações nos perfis da Globo nas mídias sociais.

Atualmente, a Globo já abre espaço para a educação no conteúdo, nos intervalos, em ações proprietárias, entre outras, por acreditar na força da educação como o elemento transformador de um país. As campanhas englobam valorização dos professores e da leitura, de incentivo à volta às aulas. A campanha a favor da escola pública é uma continuidade deste compromisso e um chamado a uma participação mais cidadã da sociedade. Ela está alinhada com a agenda global dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que tem como objetivo 4 ‘assegurar a educação inclusiva e equitativa e de qualidade para todos’.

— A educação pública é um direito fundamental no Brasil. Infelizmente, mais de 2,8 milhões de meninas e meninos, entre 4 e 17 anos, ainda estão fora da escola e muitos outros não recebem a educação com a qualidade adequada. Nenhuma criança e adolescente deve estar fora da escola e todos têm o direito de aprender. Com esta iniciativa da Globo temos, juntos, ajudado a colocar o direito à educação no centro da agenda nacional e mobilizar os brasileiros pela valorização da escola pública e, claro, dos professores. A educação pública de qualidade universal é a forma mais eficiente para reduzir desigualdades e garantir o desenvolvimento pleno de nossas crianças e adolescentes — avalia Florence Bauer, representante do UNICEF no Brasil.


(Foto: Globo/Marília Cabral)

Para o presidente da Undime e dirigente municipal de Educação de Alto Santo (CE), Alessio Costa, a campanha representa a crença no poder de transformação social da escola pública.

— A Undime, como representante dos dirigentes municipais de educação, acredita na escola pública, pois ela representa a expressão maior da garantia do direito à educação. É preciso que todos estejamos juntos, em defesa de uma educação pública de qualidade e com equidade. Por isso, a Undime abraça essa campanha e convida todos a fazer o mesmo. Precisamos acreditar no poder de transformação social da escola pública em nosso país — afirma Alessio.

— É cada vez mais relevante falar sobre educação e atuar em defesa da escola pública. Campanhas como essa tem a capacidade de mobilizar pessoas para essa causa fundamental para o Brasil — pondera João Alegria, gerente geral do Canal Futura/Fundação Roberto Marinho.

A diretora executiva da Organização Cidade Escola Aprendiz, Natacha Costa, ressalta a importância de tornar o tema levantado pela campanha uma agenda prioritária no país.

— É fundamental para o Brasil que a Educação pública, gratuita, laica e de qualidade para todos e todas se converta finalmente em uma agenda prioritária no país. Essa conquista requer a participação ativa de toda a sociedade: do dia a dia das escolas e territórios brasileiros à formulação e implementação de políticas públicas comprometidas com a efetivação desse direito — avalia.

— Embora a Educação não seja capaz de, sozinha, resolver todos os problemas do país, não há caminho para melhorar o Brasil que não passe por ela. Por isso, é fundamental e urgente colocarmos a Educação como prioridade nacional, e a campanha reforça a importância da mobilização de todos em um momento especialmente promissor para mudanças, que é o ano de eleições. Uma escola pública melhor é a síntese de um Brasil mais justo — acredita Priscila Cruz, presidente executiva do movimento Todos Pela Educação.

A diretora executiva da Associação Nova Escola, Flavia Goulart Pereira, lembra que grande parte das crianças e adolescentes do país está no ensino público.

— A escola pública é responsável pela educação de 80% das crianças e dos adolescentes do país. Ao apoiar a campanha, a Associação Nova Escola reafirma seu compromisso com um ensino de alta qualidade para todos os brasileiros e brasileiras.

Fonte: Rede Globo

https://goo.gl/eJ3uT7 

Todas as notícias Todas as categorias